Ir para o conteúdo | Ir para a navegação

Leãozinho

Datas Especiais

Olimpíadas

 

Quer fazer parte da torcida organizada da Turma do Leãozinho nas Olimpíadas e nas Paraolimpíadas? Pois então, mexa este mouse e venha conosco...

Durante séculos a capital da China foi a maior cidade do mundo e desde 1279 seu nome é Pequim, cujo significado é “Capital do Norte”, pois ela está situada ao norte do país.
Mas há uma dúvida: afinal é PEQUIM ou BEIJING?

Na realidade, ambos estão corretos. O governo da china desenvolveu e divulgou o sistema PINYIN, que regula a transcrição fonética da língua chinesa para o alfabeto romano. Essa transcrição muda a grafia das palavras mas não seus significados. Devido as varias influencias de linguagens e idiomas que a cidade herdou de seus antepassados, a pronuncia é variável nas diferentes regiões da China.

Desta forma, usar Pequim ou Beijing é uma questão de escolha na hora de escrever, mas para falar, é sempre Pequim. Ou seja, não existe a pronúncia "beijing". Porém, é importante padronizar: usou Pequim, use Nanquim, Shian, Tiananmen e Tientsin. Usou Beijing, use Nanjing, Xi´an, Tiān'ānmén e Tianjin.Tá bom ou quer mais?

 

Túnel do Tempo
      Olimpíadas
      Paraolimpíadas
Curiosidades sobre as Olimpíadas
Jogos da Torcida do Leãozinho
Links
 


Túnel do Tempo das Olimpíadas

Os Jogos Olímpicos foram criados mais ou menos 776 anos antes de Cristo. Eram realizados em Olímpia, vilarejo da Grécia.

Uma das finalidades destes jogos era homenagear Zeus, o pai de todos os deuses. Eram realizados de quatro em quatro anos e tinham um significado mágico: estes jogos tinham o poder de interromper guerras, batalhas e combates! As disputas reuniam atletas e espectadores de todas as cidades da Grécia.

O treinamento era realizado em suas cidades de origem durante os quatro anos que separavam os Jogos Olímpicos. Esse período era denominado OLIMPÍADA.

Mas não era qualquer um que podia participar: apenas pessoas livres e nascidas naqueles locais! Elas precisavam também se inscrever para participar da competição.

Ah! Estava esquecendo de contar que naquela época também existia concentração. SESSENTA DIAS de treinamento! Neste período, todos os atletas se concentravam na cidade de Elis, onde se dedicavam exclusivamente à preparação física. O treinamento era duro; os técnicos não davam moleza...

 

Túnel do Tempo das Paraolimpíadas
O esporte adaptado para deficientes surgiu no início do século XX.  Os primeiros a ganharem esportes adaptados foram os deficientes auditivos e, em 1920, foi a vez dos deficientes visuais. Só após a Segunda Guerra Mundial, devido ao grande número de soldados mutilados, os deficientes físicos ganharam esportes adaptados.

Quem começou a organizar as competições foi um médico alemão que morava na Inglaterra, o Dr. Ludwig Guttmann, que aproveitou os XVI Jogos Olímpicos de Verão e criou os "Jogos Desportivos de Mandeville". Isso foi em 1948. Esses jogos ficaram famosos e passaram a ser realizados todos os anos. Em 1958, quando a Itália foi a anfitriã dos XVII Jogos Olímpicos de Verão, os Jogos de Mandeville foram levados para lá e transformados nos primeiros Jogos Paraolímpicos, com a participação de 240 atletas de 23 paises.

Vejam só como as coisas evoluiram: hoje, as Paraolimpíadas de Pequim nas contam com a participação de 27 atletas no atletismo e 10 atletas-guia e, para a natação, outros 25 paraolímpicos. O Brasil já possui sete vagas para Pequim, mas o objetivo do CPB é que o número de atletas seja superior à Paraolimpíada de Atenas em 2004 e chegue a 25 no total.

As olimpíadas de Pequim contam com a participação de 115 países, mais de 10 mil atletas e 2.000 voluntários para auxiliar. Serão realizados 302 eventos esportivos, sendo 165 provas masculinas, 127 femininas e 10 mistas. Ao todo serão disputadas 34 modalidades esportivas: Arco-e-flecha, Atletismo, Badminton, Beisebol, Basquetebol, Boxe, Canoagem, Ciclismo, Esgrima, Futebol, Ginástica artística, Ginástica rítmica desportiva, Handebol, halterofilismo, Hipismo, Hóquei na grama, Judô Luta (livre e greco-romana), Natação, Nado Sincronizado, Saltos Ornamentais, Pólo Aquático, Pentatlo Moderno, Remo, Softbol, Taekwondo, Tiro, Tênis, Tênis de Mesa, Trampolim acrobático, Triatlo, Vela, Voleibol e Vôlei de Praia.

A primeira participação do Brasil foi em 1972, na Alemanha. Desde então a nossa participação só vem crescendo. Em 2000, nas Paraolimpíadas de Sydney, os brasileiros compareceram com uma delegação de 64 atletas em nove modalidades, que trouxeram 22 medalhas (6 de ouro, 10 de prata e 6 de bronze).

Em Pequim, vamos torcer por 96 atletas maravilhosos, que dão à humanidade um exemplo de cidadania e de força de vida!


 

Jogos da Torcida do Leãozinho

Links

Comitê Olímpico Brasileiro

Associação Desportiva para Deficientes

Associação Desportiva para Deficientes
     (Paraolimpíadas)

Sítio Oficial dos Jogos Olímpicos de Pequim